Você está aqui:Home » Social » Como envelhecer mais tarde e melhor

Como envelhecer mais tarde e melhor

Ainda que o processo de envelhecimento seja doloroso para alguns, os avanços tecnológicos e da medicina estão fazendo a expectativa de vida crescer sem parar. Nos últimos 50 anos, o número de idosos saltou de dois para 14 milhões de pessoas. E, nos próximos 20 anos, poderão ultrapassar a marca de 30 milhões, representando quase 13% da população, segundo estatísticas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Neste cenário, cresce o número de casas especializadas em atender essa faixa de público com atividades lúdicas e sociais combinadas com cuidados especiais de saúde. Da mesma forma, criam-se novos produtos com objetivo de prevenir acidentes domésticos.

Convivência faz toda a diferença

Maria Flaig, 85 anos, viúva, três filhas, frequenta a Villa Dei Fiori, no bairro da Água Rasa, há seis meses. Lá, participa de atividades manuais (artesanato), físicas, de lazer, além de oficinas cognitivas e de criação. Por causa disso, recuperou a autoestima e a qualidade de vida.  A filha Catarina, que mora com ela na Vila Prudente, conta eufórica:
“A vida da minha mãe mudou completamente. Antes, sua autoestima era baixa, queixava-se com frequência de dores na coluna, nas pernas e não tinha disposição para nada” explicou, acrescentando que agora ela está mais animada e feliz.
Dona Maria frequenta a “creche” quatro dias por semana (de terça a sexta-feira) no período integral. Faz duas refeições e os lanches vêm acompanhados de sucos. Quando volta para casa, sempre tem coisas para contar aos familiares e vizinhos.
Raquel Cenedezi Risso, sócia proprietária da Villa Dei Fiori, lembra que recentemente promoveu um encontro entre os idosos e crianças de uma escola particular da região.  “Eles trocaram presentes, brincaram, dançaram. Foi uma integração perfeita”, frisou.  Inaugurada há cinco anos, a unidade da Água Rasa tem 500 m2 e atende 30 idosos em período integral ou meio período.

Centro-dia
A Dom de Cuidar – Centro-dia para Idosos – apresenta um conceito novo no País: Atende todos os dias idosos frágeis e de acordo com as suas necessidades. Com estrutura física adequada e equipe qualificada, acolhe no período em que seus familiares estão ocupados ou com outros compromissos. Para isso, conta com fisioterapeuta, psicólogo, musicoterapeuta, assistente social e cuidadores.
Entre as atividades programadas diariamente estão jardinagem, roda de conversa, jogos, sessão pipoca e fotografia, por exemplo. O trabalho é focado na necessidade de cada idoso. “Temos um paciente que tem certa demência e confunde as datas da semana. A gente faz perguntas, estimula e isso costuma dar resultado”, explica Lilian Soares, diretora da Casa.

Serviço
Villa Dei Fiori
R. Luiz Canero, 354 – Água Rasa
Fone: 2538-5639
www.casavilladeifiori.com

Dom de Cuidar
R. professor Elias Vita, 157
Parque da Mooca
Fone: 2591-6455
www.centrodiadomdecuidar.com.br

Deixe um comentário

© 2016 Desenvolvido por Ópera Markeitng